terça-feira, 1 de novembro de 2011

Cão na praia, não! É lei.

Por favor meus amigos, cachorro solto só em casa.
Adote essa ideia.

Tenho absoluta certeza de que você gosta tanto de um cachorro como eu. Os cães são, sem sombra de dúvidas, os melhores amigos do homem, desde é claro, que estejam bem cuidados e saudáveis. Ainda assim; você não deve levar o seu melhor amigo à praia, literalmente nas areias a beira-mar, porque é justamente naquele cenário, onde você escolheu para curtir suas férias ou final de semana, que a presença do cachorro pode despertar inimigos indesejáveis e cruéis. Eu sei que você já levou o seu cachorro ou então, se não o levou, já viu e continua a observar muita gente levando os bichinhos para passear e brincar, coisa divertida e bem inocente. Pena que as pessoas não têm bom senso e pode apostar que a grande maioria delas sabe que, em primeiro lugar, cães na praia são proibidos por lei e que isto se deve ao fato de suas fezes disseminarem parasitas que atacam a pele humana causando uma série de problemas. Você por acaso está a fim de contrair um bichinho geográfico e começar a se coçar feito um mico?

Não pague mico! Deixe o seu cachorro em casa e vá se divertir com a família. Pense na sua saúde, na saúde dos demais freqüentadores da praia e também na saúde do seu animal de estimação. O termo bem o diz: se você o estima, cuide bem dele e evite o seu contato com as areias das praias. Isto também é um ato de cidadania e de respeito. Ajude a conscientizar outras pessoas e, em observando alguém na praia carregando o seu cachorro, tente convencer do contrário, sempre com educação, evitando atritos, até porque existem pessoas ditas de “alto nível” que sinceramente, alugam todas as suas dependências para a ignorância. Não havendo colaboração, procure uma autoridade próxima e denuncie.

As leis prevêem multas e em muitos casos, apreensão do animal.
Vamos melhorar a nossa qualidade de vida! Você merece, eu mereço e todo o mundo merece. Colaboração mútua para uma vida melhor, mais digna e muito mais saudável!

Praia central de Garopaba/SC.

Em Garopaba, a prática de levar cães para a praias esta ocorrendo em todo o município, caracterizando total desconhecimento dos donos de cães da lei e das prováveis doenças que podem ser transmitidas. O descumprimento da lei ocasiona R$ 150,00 de multa ao proprietário do animal.

A falta de cumprimento e fiscalização da Lei Municipal 258/87 que institui o Código de Postura do Município no seu Artigo 148 que determina a proibição de cães ou qualquer outro animal doméstico a beira mar, sendo a única exceção aos cães Guias que auxiliam na locomoção de portadores de deficiência visual, poderá trazer sérios transtornos para a prefeitura municipal, caso algum turista contraia doença, conhecidamente ocasionada, pela presença de cães na areia da praia. Ações no judiciário contra órgãos públicos já infringiram multas e impediram o repasse de recusrsos, após julgamento e condenação pelo descumprimento e falta de fiscalização de leis municipais instituídas e não cumpridas por eles.

Vamos aguardar o verão pra ver se os turistas e moradores de Garopaba estão ligados...

11 comentários:

  1. pelo visto ate uma azeitona pode fazer mal.Ainda mais se não gostar de azeitonas.Tese defendida por quem não gosta de cães ou que perceberam que não são tolerados pelos mesmos.Só coco de baleia e de todas outras criaturas marinhas é que prestam.Talvez por não serem facilmente avistadas.Imaginem um banho de mar e apos se secando ao sol.
    É puro preconceito com os cachorros.

    ResponderExcluir
  2. Pois!!! nem sei que diga!!! mas essa de ser perigoso para a saúde pública a presença do cão na praia.... tss tss, parece mais história de quem não gosta de cães. Que fosse obrigatório ter o boletim de saúde do cão para confirmar que está desparasitado, vacinado, etc, vá que não vá! mas daí a proibir os cães na praia... parece um pouco demais.
    Fico preocupado com as pessoas que podendo ter micoses frequentam a praia infectandoa areia. Isso é um problema de saúde pública.
    Bom, eu levo o meu cão para a praia - é um digno membro da família e é em família que disfrutamos a natureza.

    ResponderExcluir
  3. Gostei ,ninguem é obrigado a conviver com os bichos dos outros, EU denuncio e pronto, E gosto tanto de animais que ñ como nenhum tipo de bicho pois sou vegetariano,seu António o snr é um mau educado...

    ResponderExcluir
  4. tststststst.Gente que que é isto, isto só é uma imformação educacional (só um alerta nada mais) as crianças podem ficar em casa,para que ir na praia.em casa tem videogame, TV etc..

    ResponderExcluir
  5. Pra mim vale aquela velha regra: A liberdade dos outros, termina onde a minha começa. Ninguém é obrigado a dividir areia e mar com cachorros... Se existe proibição é por que existem motivos pra tal. Outra coisa que não entendo, de uns anos pra ca, os condomínios de apartamentos se tornaram flexiveis com relação a presença de animais de estimação... E aí a maioria deles virou cãodominios, no meu diariamente tem que dividir o elevador com os bichinhos de meus vizinhos... tudodebom.com

    ResponderExcluir
  6. Cão na Praia não Pode!!!
    Mas observei no Barquinho do blog,
    a marca da Petrobras, que realmente quem mais suja nossas praias. Espero que esse blog não seja com dinheiro do povo!!!!

    ResponderExcluir
  7. Caro(a) tripulante anônimo(a) da blogosfera,
    O adesivo da Petrobras e da Cerveja Heineken no barquinho, estiveram fixados no costado somente durante a XXII REFENO (2010) e, saibam todos que leem este blog que é obrigatório, pois, naquela edição eram os patrocinadores do evento. A colocação destes adesivos é feita pela própria organização da REFENO. Na verdade, somos como todo o povo brasileiro... Explorados, sugados e extorquidos pelo criminoso monopólio da Petrobras que nos vende um dos piores e mais caros combustiveis do mundo. A resposta é não... Este blog é produzido somente com recursos próprios. As empresas que aparecem aqui como "apoios"... São de amigos pessoais e no maximo as vezes praticamos algum escambo com eles.
    Bons ventos!
    Família Planeta Água

    ResponderExcluir
  8. Cão na praia é um absurdo. Neste feriado tive q aturar um cachorro latindo por horas, pq suas donas, provavelmente duas adolescentes imbecis, ficavam correndo e arrastando o seu cãozinho para o mar, incomodando um monte de gente em volta. Gente sem consideração pelos outros. Concordo com um comentário acima, sobre a nossa liberdade. Evito fazer para os outros o q não gostaria q fizessem para mim. Apesar de adorar uma música alta, tenho bom senso de não ligar um rádio no meio da praia obrigando todos a ouvirem o q gosto. E assim por diante. Cachorro traz doenças sim, e me desculpe se serei um pouco grosseiro, mas quem tem cachorro em casa fica meio sem noção. Ninguém é obrigado a gostar do animal do outro. Amar seu animal não significa leva-lo com vc para todos os lugares.

    ResponderExcluir
  9. Animal na praia nao pode, traz doencas e eh lei. Nosso mundo esta cada vez mais habitado e temos que ter regras para viver nem sociedade. Vamos respeitar nossos limites.
    Moro na praia e fico observando as criancas brincando de `castelinho´ na areia. De manha cedo, quando a cachorrada eh levada para `passear` - diga-se `fazer as necessidades´ eh bem no `castelinho´ que ficou do dia anterior eh que os cachorros fazem suas necessidades. Depois dos cachorros voltam as criancas e manuseiam aquele mesmo local. Nao dá, vamos respeitar.

    ResponderExcluir
  10. Cães na praia, e os animais que os abandona e deixam soltos, os turistas que vem para alguns hoteis, resorts que trazem o cãozinho no avião ou no carro. A questão das leis no Brasil só funciona se tivesse fiscalização, se o poder público recolhesse e acolhesse os animais abandonados, se a população tivesse mais cultura, Agora é muito triste o homem invadir a natureza e começar a colocar regras, já expulsamos os indios, desmatamos, fizemos balneários e um infeliz que não conhece nada de medicina quer impedir animais (cães) então gato pode por que gato enterra na areias as fezes, cavalo pode por que ele carrega um burro em cima, você tá na praia e passa vários cavalos deixando rastro de que eles podem, não entendo nossa cultura dominante, não deu ainda para perceber que estamos acabando com o que é de mais belo em nosso planeta com regras que não levam a nada, mais já sei assim que um filho de um politico corrupto tiver um cãozinho e querer levá-lo a praia a lei muda, ou quando o mesmo filho for mordido por um aninal raivoso ai também, quanto as raças de cães posso garantir na praia eles só ameaçam quando estão com seus donos que ensinaram a ser agressivos, soltos são mansos, carentes e famintos.

    ResponderExcluir
  11. Quantas doenças um ser humano pode passar pro outro? Incontáveis talvez!!! E um cachorro? Como disse a matéria, bichinho geográfico...

    ResponderExcluir