sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Cruzeiro Internacional da Costa Leste 2010 - XIV

A flotilha do CICL 2010 no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, BA.

Do diário da "Almiranta".

02.08.10 - Soltamos as amarras do pier do ICES às 11:15h rumo à Abrolhos, fomos um dos últimos barcos à deixar o clube. Navegada muito tranquila, em nossa rota avistamos baleias e algumas embarcações chegaram a quase chocar-se com algumas, mas nenhum estrago, apenas o susto.

Ilha Siriba, Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, BA.

Visita assistida pelo ICMBio à Ilha Siriba.

03.08.10 - Chegamos às 12.30h em Abrolhos que fica no extremo sul da Bahia, arquipélago formado por cinco ilhas, Redonda, Siriba, Guarita, Sueste e Santa Bárbara , esta última não pertence ao parque, permanece sob jurisdição da Marinha Brasileira, onde há apenas uma base com seis famílias de militares, que de dois em dois anos fazem revezamento e mantém o farol de navegação desde 1861, as demais ilhas formam o Parque Nacional Marinho criado em 1983, sob proteção do ICMBio, (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). É permitido o desembarque apenas na Ilha Siriba, mas a Comissão Organizadora do CICL contatou antecipadamente a responsável pelo Parque, "Berna", e também a Marinha do Brasil, e todos tivemos autorização para desembarcar na Ilha Siriba e também na Santa Bárbara. Logo após nossa chegada, subiu a bordo uma pessoa cadastrada nos informando como seria o procedimento durante a nossa estada ali, o que era permitido e o que não podíamos fazer, deu uma breve aula sobre as ilhas e por último cobrou-nos uma taxa de permanência diária de R$ 25,00 por tripulante mais a embarcação. Agradecemos a recepção, atenção e educação do pessoal da Marinha, que prontamente levou o pessoal em grupos divididos, para conhecer o farol da Ilha Santa Bárbara, e ao pessoal do ICMBio, que nos conduziu para fazer uma caminhada na Ilha Siriba. Fernando, Jonas e Vitória fizeram mergulho de snorkel na Ilha Siriba, eles voltaram fascinados com o que viram. Abrolhos é o mais importante complexo coralíneo do Atlântico Sul, suas águas mornas, rasas e cristalinas, atraem várias espécies, como a Baleia Jubarte, mamífero do Hemisfério Sul, que migra para se acasalar, criando um espetáculo inesquecível. De Julho à Novembro é o período que elas aparecem, porém não tivemos a sorte de avistar nenhuma no arquipélago. Devido a fauna e flora abundante, o arquipélago atrai muitas aves em especial os Atobás, na Ilha Siriba encontramos uma maior concentração da espécie. Não é novidade aqui neste blog, que ressaltamos a imponência do Grande Criador e somos muito gratos , não poderia ser diferente, estamos tendo a oportunidade de vivenciar e dispor de paraísos estonteantes como Abrolhos, outros já visitados e muitos que ainda estarão por vir.

Jonas se "lascando" e Vitória se deliciando.

05.08.10 - Descemos em terra, para mais algumas fotos, tomamos água de côco diretamente colhido do pé e voltamos para o barco para preparar nossa saída para Santo André, que estava marcada para às 12:00h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário