segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Tripulação do trimarã "Acauã" à deriva no litoral paraibano, foi resgatada pela Marinha.

O trimarã "Acauã" um multicasco de 32 pés

A Marinha do Brasil resgatou a tripulação do trimarã "Acauã" que ficou à deriva no litoral paraibano. O trimarã de 32 pés (9,90 m) registrado no estado da Paraíba, tinha como comandante Savigny R Cunha Lima e a tripulação composta por Igor Gomes Guimarães e Guilherme Crispim. O grupo foi vencedor da REFENO (Regata Recife-Fernando de Noronha) na Classe Multi D.

Veleiro ficou emborcado desde domingo (27/09), após competição. Eles foram encontrados na madrugada de segunda-feira (28/09) pelo rebocador Triunfo e pelo navio-patrulha Graúna. Segundo informações da Marinha, o veleiro emborcou no domingo (27/09), quando estava a cerca de 30 milhas náuticas (o equivalente a 55 quilômetros) da cidade de Cabedelo (PB). Os velejadores foram encontrados pela equipe de resgate em cima do casco do veleiro e retirados com o uso de um bote de salvamento. O grupo recebeu atendimento médico no rebocador Triunfo. Eles foram alimentados, aquecidos e não apresentaram problemas sérios de saúde.

Resgate da tripulação do Acauã pela Marinha do Brasil

"O veleiro estava inscrito na regata Noronha - Natal e, estava aproveitando a cobertura da Marinha para o retornar de Fernando de Noronha para Natal. Este procedimento é muito comum e correto para quem participa da REFENO.

O "Acauã" comunicou à Marinha de que ia arribar para João Pessoa e, depois da comunicação sofreu o acidente. No Iate Clube do Natal, as informações eram de que ele havia capotado e uma das bananas havia se rompido e entrado água".

Mauricio - Veleiro Fast 345 - Alphorria - (ABVC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário